Cientificamente comprovado: educação formal não é suficiente para formar um desenvolvedor

Estudo comprovou que a educação formal não garante sucesso profissional. Bem, na prática, conversando com os colegas de baia, conferindo como foram os projetos, já sabíamos disso, não é verdade? O interessante é ver que essa impressão agora é comprovada por pesquisa!

O mercado de TI é um dos poucos segmentos que não sofreram tanto com a instabilidade econômica e a alta do desemprego. Para 2017, a previsão do Instituto Gartner é que o Brasil invista nessa área mais de R$ 236 bilhões – o que equivale a um aumento de cerca de 3% em relação ao ano anterior. Com esse mercado acelerado e dinâmico, é importante não ficar para traz, sabendo aperfeiçoar o seu currículo e experiência e buscando onde encontrar as melhores vagas de tecnologia.

Pesquisa aponta que educação formal não é suficiente, o que fazer?

Isso acontece por conta dos profissionais de recrutamento acabarem se deparando com problemas de conhecimento na hora de contratar profissionais para a área, visto que a educação formal geralmente não é suficiente para um profissional ser considerado um expert em TI.

E esses dados são confirmados pelo estudo “2017 DevSecOps Global Skills Survey” – feito pelo instituto DevOps.com e patrocinado pela consultoria Veracode. O estudo identificou exatamente o que já mencionamos, que a educação formal está longe de formar profissionais que saibam lidar com a metodologia DevSecOps no desenvolvimento de software – um requisito bem avaliado no segmento da TI.

De acordo com especialistas, é comum que muitos profissionais que se formaram em cursos como Ciência da Computação demonstrem dificuldades para programar, por exemplo. Isso prova que realmente a educação formal não é suficiente para se tornar um profissional em TI.

Para destacar-se nas empresas e e vagas em TI, a educação formal não basta, há que buscar cursos e certificações.
Para destacar-se nas empresas e e vagas em TI, a educação formal não basta, há que buscar cursos e certificações.

Isso não significa que o ensino superior, o formal, deva ser descartado. Significa sim que aquilo que o profissional de TI aprendeu deve ser aperfeiçoado e praticado – até mesmo porque a área é extremamente dinâmica e tudo é atualizado com rapidez.

Se o profissional não se atualiza, pode acabar ficando para trás, ainda que o mercado de trabalho do segmento seja um dos que mais oferecem vagas.

Você sabe quais são as melhores plataformas para aprender mais sobre TI?

Preocupado com as informações mencionadas acima? Então, que tal dar aquela turbinada no currículo e se aperfeiçoar sozinho mesmo? Isso não é impossível, pelo contrário, é bastante factível através de diversos sites. Não importa se você quer saber como começar na área de tecnologia e ser um desenvolvedor ou quer se aperfeiçoar.

Listamos aqui algumas opções bem variadas. E o melhor, muitos deles são gratuitos e tem opções em diversas línguas, inclusive em português. Dá só uma olhada:

Codeacademy

Maior e mais conhecida plataforma para quem quer aprender a programar. Nela, você encontra cursos gratuitos de diversas linguagens, como: PHP, Python, Ruby e JavaScript. A maioria do conteúdo em em inglês, mas há ótimas opções em português do Brasil.

Além disso, você conta com o Web Fundamentals. Nele, você aprende a construir sites em HTML e CSS. Os cursos possuem uma didática bem-humorada e interativa – que incentiva o usuário a aprender. Com esse curso você consegue construir suas primeiras páginas bem rápido e com facilidade.

Code.org e Hour of Code

Code.org, uma instituição pública sem fins lucrativos com diversos parceiros também no Brasil. Dedicada a promover e a tornar a ciência da computação disponível ao maior número de escolas possível e garantindo que chegue também à minorias sociais à participação nesta área. Oferece diversos tutoriais gratuitos em português.

A Hora do Código é um projeto muito interessante promovido pela Code.org. Se define como um movimento global que atinge milhões de estudantes em mais de 180 países para ensinar e aprender a programar. Qualquer um, em qualquer lugar, pode organizar um evento da Hora do Código e disponibilizar a agenda no site, utilizando os recursos que eles oferecem ou os próprios. Veja os eventos no Brasil.

Aprender Programação com a Hora do Código - eventos no Brasil.

Blockly

O Blockly é um projeto do Google. É um editor visual de programação – fator que facilita muito o aprendizado da lógica de programação. Também disponibiliza uma série de tutoriais em língua portuguesa.

Basta arrastar os blocos de comando, não é preciso transcrever os comandos. E para quem está começando, o indicado é usar o quebra-cabeça, para começar aprendendo a decompor um problema por etapas e ordená-lo de forma lógica. Para isso, o usuário precisa comandar um boneco até que ele chegue ao seu destino e as coordenadas são em forma de algoritmo.

 

Try Ruby

Nessa plataforma, você pode aprimorar seus conhecimentos em Ruby – uma das linguagens de programação mais fáceis de se aprender. Também oferece a ferramenta Ruby on Rails – uma das mais usadas para aplicações na web.

A plataforma é totalmente interativa e permite ao usuário entender os conceitos principais com exercícios.

Aprender a programar em Ruby

CC50

Site com videoaulas gratuitas sobre programação, incluindo exercícios. O curso pode ser feito até por quem tem apenas noções básicas de programação. O CC50 é uma adaptação totalmente em português do curso CS50 de Harvard, oferecido de forma livre. Ah, não se preocupe, o conteúdo é 100% em português.

Tuts+

O site é pago, mas disponibiliza uma área gratuita, com diversos cursos – inclusive de programação e de design. As videoaulas são curtas e não oferecem exercícios.

Destaque para os módulos “30 dias”, que ensinam a construir sites em HTML e CSS  e aprender Jquery – biblioteca utilizada no WordPress.

Codeschool

Trata-se de uma plataforma paga, mas que também oferece alguns módulos gratuitos. Os cursos são dados através de videoaulas e contam com exercícios interativos para aprimorar o aprendizado. Até o momento, disponibiliza conteúdo em inglês apenas.

Na sessão gratuita, você consegue aprender sobre HTML/CSS, Ruby, Javascript e até mesmo desenvolver aplicativos para o sistema IOS de smartphones.

BÔNUS: Scratch

Se você é uma criança ou se sente como uma criança diante da ideia de aprender a programar, este site foi feito para você! Desenvolvido pelo Media Lab – laboratório de inovação MIT, ele ensina os conceitos básicos da lógica da programação através de comandos simples como mover, girar, parar, repetir, etc, através de blocos que vão se encaixando como lego. Até crianças a partir de 5 anos conseguem usar a plataforma!

Scratch é uma ótima plataforma para começar a aprender a lógica básica de programação e ainda se divertir!

Não perca mais tempo, trabalhe para se tornar um expert em TI

Não faça parte das estatísticas que apontam que a educação formal é insuficiente para fazer de você um expert em TI. Trabalhe para se aperfeiçoar e dê um up no seu currículo e na sua carreira!

Deixe uma resposta